vídeo O EXTERMÍNIO DOS CRISTÃOS

Os políticos da esquerda brasileira comandados pelos comunistas que agora governam, votaram essa lei as pressas pra se defenderem do povo. Os islâmicos se alinham com eles. Abriram nossas fronteiras para que venham matar brasileiros que querem derrubá-los. O braço armado da esquerda que está definhando. Eles vão poder portar armas de fogo e receberão todos os benefícios sociais dos brasileiros. Poderão trabalhar registrados inclusive com esse numero de desempregados que tem no Brasil.

 

18010685_1916290001948832_8549412222902413064_n

Politicamente Irado

A IMIGRAÇÃO ISLÂMICA NO BRASIL. (Leia e Veja o Vídeo)

Durante a história da humanidade muito sangue foi derramado sobre a terra. Guerras intestinais foram travadas nos quatro cantos do mundo. Perseguições étnicas e religiosas, inquisições, holocaustos, terrorismo e outras barbaridades tornaram nosso mundo um lugar perigoso para se viver. A fome, as doenças e a miséria formam uma segunda camada de desgraças provocadas pela irracionalidade do homem. Milhões de vidas são ceifadas e lançadas à própria sorte, vítimas da ganância e da intolerância humana. O mundo sempre esteve em conflito, em 500 anos de civilização não houve sequer um momento de paz sobre a terra.

Enquanto o mundo morre, queima e explode em guerras sangrentas, muitos estão preocupados apenas com a própria vida, com a própria ignorância e com a própria cegueira que carrega em seu intimo selvagem. O mundo está em desespero, vivendo sob camadas de terror, sucumbido pelo medo e fatiado por múltiplas desgraças que atormentam nações inteiras. As atribulações estão por toda a parte e o sofrimento é como uma sombra sobre a terra. A dor e o medo de viver um dia após o outro atormentam milhões de seres humanos todos os dias. Indiferenças sociais, étnicas, ideológicas e religiosas separam o homem da verdadeira justiça e da verdadeira paz divina. A irracionalidade cria a guerra, o fanatismo cria a intolerância, a ganância provoca miséria, a idolatria a mentira e a indiferença, o ódio.

O acomodado povo brasileiro “AINDA” não vive entre a espada e a morte do fanatismo religioso, portanto não faz ideia do que seria viver na Síria, Iraque, Turquia, Irã, Iraque, Sudão, Nigéria ou outros países que estão sob a tutela do Islã ou sob a condição muçulmana. AINDA não há execuções, esquartejamentos, enforcamentos ou fuzilamentos praticados por fanáticos religiosos nas ruas do Brasil. O brasileiro não tem ideia do que é viver sob perseguição étnica e religiosa ou viver sob ameaça de atentados terroristas diários. Não há famílias sendo queimadas ou derretidas por armas químicas. Não há famílias brasileiras vagando no deserto escaldante disputando água e comida. Nenhum brasileiro foi despejado de suas casas ou tiveram suas mulheres e filhas estupradas por grupos de religiosos fanáticos. Ainda….

Se estivéssemos vivendo em um inferno destes certamente estaríamos clamando por justiça aos governos e líderes religiosos. Este quadro de terror não está muito longe da realidade brasileira, onde outras culturas, outras religiões e outros costumes penetram pelas fronteiras do Brasil, invadindo capitais e as principais cidades do país. Por trás destas invasões estão o governo, líderes religiosos, organizações secretas, autoridades e partidos políticos. A imigração de refugiados no Brasil faz parte de uma conspiração global patrocinada pela esquerda mundial, pela ONU, pelo Vaticano e pelas principais organizações secretas que conspiram contra Deus e contra a raça humana.

Mahdi é o Messias Islâmico.Segundo a Bíblia sagrada, o Anticristo será o principal agente humano de satanás na terra para governar o fim dos dias. Há numerosas referências ao Anticristo nas Escrituras Sagradas. As Escrituras citam a Besta em Apocalipse (13:4). O apóstolo Mateus (24:15) cita a abominação da desolação. Daniel (9:27) cita o Assolador. “E Ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre as asas da abominação virá o Assolador; e isso até a consumação; e o que está determinado será derramado sobre o Assolador. Tessalonicenses 2, cita:“O homem do pecado, o filho da perdição, o iníquo. Em Miquéias (5:5) surge a figura do Assírio e em Daniel (7:8), o pequeno chifre.

Segundo a Bíblia, o Anticristo emergirá para liderar um império poderoso sobre a terra. Daniel o profeta bíblico menciona 4 Bestas bizarras, que na interpretação do Anjo seriam 4 reis que se levantarão da terra. O Anticristo será Rei de um império de dez nações. Muitos acreditam que o Anticristo será um político e militar com poderes sem precedentes na história da humanidade. Mahdi o Messias Islâmico virá para lutar contra as forças do mal, liderar uma revolução mundial e coordenar uma Nova Ordem Mundial baseada na justiça, retidão e virtude. Segundo a tradição Islâmica, é dito que o Mahdi presidirá a terra como o último Califa do Islã. A Bíblia relata que o Anticristão não terá apenas objetivos militares e políticos. Em Apocalipse relatos contidos nas Escrituras sagradas relatam que, o Anticristo além de governar militarmente e politicamente, irá também inspirar e exigir adoração. Esta adoração será por Satanás referido na Bíblia como o Dragão e também pelo próprio Anticristo, definido nas Escrituras como a Besta.

Mahdi fará com que todos sobre a terra renunciem às suas religiões para adorarem Alá, o deus do Islã. Algumas citações islâmicas comprovam esta profecia vinda dos fanáticos religiosos; “Mahdi governará o povo sobre a terra com a Suna do profeta e estabelecerá o Islã sobre a terra”. “O Islã será vitorioso sobre todas as outras religiões.” “O Mahdi oferecerá a religião Islâmica para os Judeus e cristãos; se aceitarem serão poupados, caso contrário, serão mortos.” Há várias comparações entre o Anticristo bíblico e o Messias Islâmico que poderiam definir o governo da Besta sobre a terra. Todas as profecias islâmicas referentes à Mahdi se encaixam perfeitamente nas profecias relacionadas com o Anticristo bíblico.

Os quatro cavaleiros do apocalipse possuem detalhes específicos em sua origem. O Branco, o Vermelho, o Preto e o Verde. A bíblica faz uma tradução errada sobre o “cavalo amarelo”. Na verdade e tradução correta é “verde” a putrefação cadavérica da carne, e não o “amarelo”. As principais bandeiras do mundo Islâmico que cercam Israel possuem as mesmas cores dos 4 cavalos do Apocalipse. O Verde, o vermelho, o Preto e o Branco. Palestina, Jordânia, Emirados Árabes, Iraque, Kuwait, Sudão, Líbia, Afeganistão e Síria possuem bandeiras com estas 4 cores. Outras nações do Oriente Médio mantêm duas ou três cores. Vermelho, branco e verde, como o Irã, verde e branco como a Arábia Saudita, vermelho e branco como a Turquia ou preta e branco como a bandeira do Estado Islâmico. Os 4 cavaleiros do apocalipse representantes da profecia bíblica estão infinitamente interligados com o desencadear dos objetivos islâmicos em exterminar Cristão e Judeus e conquistar Jerusalém.

Vários líderes islâmicos estão doutrinando seus fiéis e os preparando para o fim dos tempos. Mahdi, o Anticristo islâmico, aguarda sorrateiramente nas sombras para despontar com sua fúria religiosa sobre a terra. Os Aiatolás estão se pronunciando e alertando seus fiéis para as “bandeiras pretas” que virão de Corosão (Irã). “Nenhuma potência conseguirá para-las e elas finalmente chegarão a Eela (cúpila da Rocha em Jerusalém), e erigirão suas bandeiras”. Mas para exterminar com judeus e cristãos, os Islâmicos precisam vencer o Poder bélico de Israel e dos EUA e derrotar a ira de Yahweh (Deus). Israel possui mais de 1.500 mísseis do Armageddon que possuem toneladas de ogivas nucleares. O poder de destruição de Israel seria suficiente para destruir o planeta terra cerca de 7 vezes.

Deus condenará o Anticristo e suas tropas por meio da peste e do sangue: “E uma chuva abundante de grandes pedras de saraiva e enxofre farei chover sobre ele, e sobre suas tropas, e sobre muitos povos que estiverem com ele” (Ezequiel 38:22). Será um basta divino de Deus contra as injustiças e iniquidades provocadas pelo homem. O homem influenciado e enganado pelo mal, tem destruído vidas e o próprio planeta. Falsas religiões e falsos profetas, falsos governantes e falsas idolatras. Pecado, iniquidade, violação e destruição.

Muitos seres humanos se apegam às paixões frenéticas, fanatismos e idolatrias que desequilibram a racionalidade. Idolatram seus deuses, seus profetas, seus políticos, seus partidos, seus times de futebol, suas religiões e seus ídolos da música, do cinema e da TV. Carregam suas imagens e seus amuletos acreditando que estão protegidos do mal. Cometem erros atrás de erros e não se sentem culpados por isso. O castigo contra tudo isto está sendo preparado por Deus. O destino dos idolatras já está selado no plano divino e todos serão punidos com a morte e com o sofrimento. Haverá dor e ranger de dentes sobre a terra. Mesmo que fujam, não haverá lugar na terra para se esconderem da Ira de Deus. O homem e seu próprio orgulho insignificante serão massacrados pelas verdades divinas. As mentiras serão dissipadas e nada do que foi eternamente mal, restará sobre a terra.

Aqueles que desacreditam as Escrituras Sagradas não conhecem nada sobre as revelações que abundam os últimos acontecimentos no planeta. Seria tudo uma coincidência? O que nós sabemos sobre a verdade quando vivemos em um mundo de mentiras e fantasias? O homem é um ser pequeno, fraco e insignificante diante do Poder celestial de Deus. A limitação de seu conhecimento comprova sua mediocridade em relação ao mundo que o cerca. O homem é incapaz racionalmente de comprovar e desvendar os mistérios de sua própria origem e existência. Não há uma prova científica sequer sobre a origem do homem ou até mesmo de nosso planeta. Como funciona o sistema acima dos céus? Como seria a terra, esférica ou plana? O que é, e como é constituído o sol, a Lua, as estrelas e os planetas? A verdade é que o homem não sabe nada, não entende nem a própria existência e muito menos tem o poder de conhecer os princípios do conhecimento de Deus.

No Oriente Médio a guerra religiosa já matou milhões de pessoas inocentes. A intolerância praticada pelo Islã gerou um conflito sem precedentes na Síria. A matança de cristãos no país provocou um êxodo sem precedentes de milhares de famílias. Homens, mulheres, crianças e idosos foram lançados ao deserto e abandonados à própria sorte. As famílias que resistiram foram animalescamente assassinadas pelos integrantes do Estado Islâmico. Cenas de decapitação de homens, mulheres e crianças aterrorizaram o mundo ocidental. A violência e a brutalidade dos adoradores de Alá revelam o ódio e a intolerância que se escondem por trás da doutrinação religiosa do Islã.

O Conselho dos Direitos Humanos confirma o extermínio de famílias inteiras da comunidade cristã Yazidi pelas mãos dos terroristas do ISIS. Famílias inteiras de cristãos, aterrorizadas pela matança patrocinada pelo fanatismo religioso fugiram para a montanha Sinjar. Sem água, sem comida e sob um sol escaldante, 30 mil famílias de cristãos padecem em desespero. Todos compartilham a mesma desgraça. Muitas crianças e idosos não resistem à fome e a sede. A desumanidade e a desolação estão em toda a parte. O Vaticano sequer emitiu uma nota em repúdio à matança de cristãos na Síria e muito menos prestou qualquer ajuda humanitária para os cristãos que estão refugiados na montanha e no deserto de Sinjar. Parece haver uma conspiração global diabólica para exterminar os cristãos. Os Yazidis (comunidade cristã) estão sendo mortos e a Igreja católica simplesmente se cala.

O Estado islâmico destruiu famílias inteiras. Centenas de crianças inocentes foram mortas de forma violenta. Corpos encontrados apresentavam sinais de tortura, decapitação e fuzilamento. Que tipo de ser humano seria capaz de fazer uma atrocidade destas contra uma criança? De onde vem tanto ódio? No entanto, ninguém parece se importar com tanto sofrimento, com tanta dor e com tanto ódio. Inocentes são assassinados sem culpa. Este Genocídio brutal carrega a bandeira Negra do Estado Islâmico, o silêncio do Vaticano e o financiamento da esquerda mundial..

Em pleno século 21, nós assistimos do sofá, o extermínio de milhares de cristãos pelo mundo. Uma religião inteira está sendo varrida da face da terra em nome de Alá. A quem interessa a morte dos cristãos? O que a esquerda mundial pretende matando milhares de pessoas e patrocinando o Islã? Porque os socialistas fabianos apoiam o terrorismo e financiam o genocídio dos cristãos? Porque o Vaticano se cala? Sinjar parece ser a sepultura dos cristãos na Síria, o fim do cristianismo no Oriente Médio. A imprensa mundial esconde o genocídio de cristãos e divulgam de forma proposital, um número inferior de vítimas da matança na Síria e na África. O Estado Islâmico já assassinou mais de 300 mil pessoas. Somente em 2015 este número era de 60 mil, segundo a imprensa financiada pela esquerda Fabiana. Mas este número é bem maior.

Por trás da matança de cristãos há uma conspiração global contra todos os cristãos e evangélicos do mundo. Organizações secretas, o Vaticano e a esquerda mundial são os principais agentes do genocídio na Síria. O plano de refugiar os cristãos em outros países é uma farsa para espalhar o Islamismo pelo mundo. No meio de cristãos que fogem da morte na Síria estão infiltrados diversos agentes e fanáticos do Islã. Na Europa já há diversas Sharias espalhadas por bairros ingleses, franceses, alemães, espanhóis, portugueses e italianos. Não são refugiados cristãos que estão chegando nestes países e sim, fanáticos adoradores do Islã. No Brasil os socialistas fabianos capitaneados pelo PSDB, organizam um plano diabólico de imigração para trazer milhares de refugiados do oriente Médio. Aliados aos partidos de esquerda estão também diversas ONGs católicas e cerca de 45 pastorais da Igreja que demonstram seu total apoio aos imigrantes muçulmanos.

Centenas de islâmicos têm chegado todos os dias ao Brasil. Em São Paulo o prefeito do PSDB negociou 55 contratos com empresas Árabes. Estas empresas trarão centenas de muçulmanos para SP. Segundo se sabe, já há duas licitações para a construção de duas Mesquitas em SP com apoio do prefeito tucano. Os Árabes estão entre os principais financiadores do Estado Islâmico no Oriente Médio. No Sul do Brasil já há uma escola para atender muçulmanos e um site denominado a Voz do Islã. Várias mesquitas começam a se espalhar em solo brasileiro. Em pouco tempo teremos as Sharias instaladas em nosso país. Graças a Lei de Imigração do tucano Aloysio Nunes, estrangeiros poderão fundar entidades, sindicatos e templos religiosos em solo brasileiro e isso inclui as Sharias. A Lei do PSDB permite até mesmo porte de armas para estes estrangeiros. O PSDB desarmou os brasileiros, no entanto, cria uma Lei permitindo que muçulmanos andem armados. Seria para nos matar?

Todo o ódio e o fanatismo religioso que existe no oriente Médio estão sendo transferidos para as cidades, bairros e ruas do Brasil. Em breve os acomodados brasileiros terão suas famílias ameaçadas pelo fanatismo religioso do Islã. Em pouco tempo as Sharias estarão controlando bairros inteiros e a intolerância religiosa causará conflitos sangrentos entre cristão, evangélicos e islâmicos. A Nova Ordem mundial se levanta contra a humanidade e usará de todas as armas para exterminar bilhões de pessoas. Os Objetivos dos globalistas são fundamentar um só governo e uma só religião. O que hoje parece ser apenas uma notícia de perseguição religiosa na TV, em breve estará na sua rua, em seu bairro, em sua cidade, controlando sua vida e aterrorizando todo o país.

VEJA O VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?v=4xuzaIHBab8

 

CURTA NOSSA PÁGINA: https://www.facebook.com/Politicamente-Irado-139738894383…/…

CURTA NOSSO GRUPO: https://www.facebook.com/groups/851548761546071/

 

Anúncios