galeria O BRASIL É UM LIXO

17156188_1893988267512339_7670902158882109151_n

STF CASSA DIREITOS POLÍTICOS DE JAIR BOLSONARO. A LAVA JATO É UMA FARSA E MAIS UM GOLPE SE ERGUE PARA ESCRAVIZAR O BRASIL.

O Brasil não tem identidade, não tem cultura, não tem moral, não tem democracia nenhuma, enfim, o Brasil não passa de um Republiqueta socialista medíocre, ignorante e corrupta. Depoimentos de executivos da Odebrecht afirmaram na Justiça Federal, que US$ 3,9 bilhões de dólares foram pagos entre 2006 e 2014 em propinas destinadas ao caixa dois, e que o PT, PSDB e PMDB foram os partidos que mais receberam dinheiro oriundo da corrupção. Ou seja, este dinheiro não contabilizado está flutuando em contas secretas no exterior e certamente enriqueceu partidos e políticos.

Todos os políticos e lideres de partidos sabem que o dinheiro doado pelas empreiteiras e pelas empresas que orbitam o governo é oriundo da corrupção ou do superfaturamento de obras, bem como dos contratos e acordos escusos que envolvem políticos, governo e partidos. No entanto, para camuflar toda a farsa, líderes partidários teimam em dizer que “tudo é legal” e dentro da Lei. Lei que eles mesmos criaram. Todos fazem caras de inocentes como se não soubessem que tudo está interligado e que estes esquemas de propinas entre o governo e empresários fazem parte de uma grande cadeia de corrupção que acaba nas doações partidárias.

Quanta inocência não é mesmo? Recebem 15 milhões de dólares de um empreiteira e nem se preocupam em saber a origem do dinheiro. Qual empresa brasileira tem condições de doar US$ 15 milhões de dólares para um partido? Nenhuma! Todo este dinheiro já está programado nos contratos entre o governo e políticos para de algum jeito, retornar em forma de doação e propinas. Esse é o mecanismo usado pelo PT, PSDB e PMDB para roubar os cofres públicos e justificar a farsa das doações. Todo mundo sabe disso há anos, o STF, sabe, o povo informado sabe, os jornalistas sabem, o MPF sabe, a PF sabe, e mesmo assim nenhuma instituição pública se preocupou em denunciar a escumalha de ladrões.

O STF vem a 30 anos encobrindo a corrupção e protegendo a elite corrupta que dilapidaram trilhões de dólares no país e nenhum, digo, nenhum grande ladrão foi preso. Sarney, Fernando Henrique Cardoso, Lula e outros mais de 800 ladrões picaretas continuam livres, soltos e impunes. A Lava Jato é outra farsa que não vai dar nada, pois o que existe por trás é bem maior do que pensa a sociedade. O que existe de fato por trás do STF e da Lava Jato é uma grande rede de proteção maçônica, onde aqueles que serão punidos pela Corte Suprema, são escolhidos a dedo pela elite controladora e corrupta.

Fernando Henrique Cardoso em declaração na imprensa, disse que a mídia que não é bancada pelos PSDB, estaria tentando “confundir” a opinião pública ao não fazer distinção entre corrupção e caixa dois. Caixa dois e corrupção estão interligados, ambos são crimes previstos na Lei, e os vigaristas sabem que a corrupção e o dinheiro que alimenta o caixa dois dos partidos são da mesma fonte, ou seja: dos contratos escusos e obras superfaturadas. Segundo o ladrão comunista, há uma diferença entre quem recebeu recursos de caixa dois para financiamento de atividades político-eleitorais, daquele que obteve recursos para enriquecimento pessoal, crime puro e simples de corrupção”. Ou seja, na visão de FHC partidos podem cometer crimes de caixa dois, pessoas e empresas privadas não? Quem está realmente querendo confundir a opinião pública, em FHC?

Para piorar o quadro de mentiras, FHC disse que Aécio não pediu dinheiro para as empreiteiras e que o delator que prestou depoimento no TSE não havia mencionado o nome de Aécio Neves no depoimento. No mesmo dia o próprio Aécio afirmou na imprensa que pediu dinheiro para a Odebrecth, pois como líder do partido, cabia a ele a função de “acharcar” as empreiteiras. O ex-presidente da Odebrecht Benedicto Junior confirmou na imprensa que Aécio Neves pediu pessoalmente R$ 15 milhões a empreiteira. Quem está querendo confundir a opinião pública em FHC?

FHC foi mais além na farsa de induzir a mentira, e deu à entender que o partido que deve ser investigado na Lava Jato é o PT e o PMDB e não o PSDB e os demais partidos. O PSDB foi o autor do processo que pede a investigação de irregularidades nas campanhas de Dilma e Temer. Orientados por FHC, os tucanos tentaram retirar o trecho em questão da ação, já que a investigação diz respeito somente à coligação petista. Ora, o PT não roubou sozinho e muito menos aprovou toda essa bagaça socialista sozinho, teve sempre apoio da tucanagem vermelha para aprovar políticas e as Leis prejudiciais à democracia. As afirmações de FHC são arbitrárias, autoritárias e covardes, digno de um bosta que fugiu do Brasil com medo de ser preso pelos militares de 64.

O PSDB de Fernando Henrique Cardoso financiou obras no Projac da rede Globo via BNDES, onde foram gastos mais de R$ 500 milhões que não foram pagos até hoje. FHC em sua gestão distribuiu mais de 550 concessões de rádio e TV, boa parte delas foram para tucanos e apadrinhados do PSDB. A Globo recebeu, a Abril recebeu e até Sarney se beneficiou da farra. Aécio Neves roubou US$ 269 milhões de dólares dos cofres do estado de Minas Gerais para “pagar” uma dívida da Rede Globo com a Receita Federal. A Globo jamais noticiará que o PSDB é um partido envolvido em corrupção. Tudo parceria. Aliás, os “Marinho” são maçônicos, assim como boa parte da elite do PSDB. “Um lavando a mão do outro”.

Fernando Henrique Cardoso foi amigo intimo do maçom Roberto Civita, dono da Editora Abril e da emissora TV manchete, concessão dada pelo amigo tucano. A Veja faz parte da rede de proteção aos tucanos. Rodrigo Constantino foi mandado embora da Veja, como outros vários jornalistas, após escrever matérias que atingiam o PSDB. 99% das matérias da Veja são endereçadas à outros partidos e principalmente aos petralhas.

Fernando Henrique e o PSDB são bancados pela Open Society de George Soros, pela Fundação Ford e pela Fundação Rockeffler. A Open Society financia o MBL, o Vem Pra Rua, a mídia Ninja e centenas de sites e blogs para proteger o PSDB. Todas as manifestações foram arquitetadas pelo PSDB e pelo PMDB para justificar entre outras coisas, o impeachment, a Lava Jato e também para saber o que o povo estava pensando em relação ao governo.

Fernando Henrique Cardoso é co-presidente do Diálogo Interamericano, uma entidade responsável pelas políticas de esquerda na América Latina. O Diálogo é bancado por George Soros, a Fundação Ford, a Fundação Rockeffeler e tem como membros, Bill e Hillary Clinton, Barack Obama, José Serra, Henrique Meirelles, Marina Silva, George Bush, Nélson Jobim, Ronaldo Caiado, entre outros. Esta entidade foi também responsável pela criação da UNASUL e envia vários documentos, relatórios e medidas políticas para serem implantadas na América Latina. O Diálogo também financiou o Foro de São Paulo de Lula e Fidel Castro com dinheiro e logística. Tanto o Foro, quanto o Diálogo, recebem ordens dos globalistas centralizados na ONU. O Diálogo como entidade, segue a mesma agenda global definida pela elite da Nova Ordem Mundial.

Grande parte dos tucanos e pemedebistas são membros da maçonaria. Temer é maçom. Grande parte dos membros do Poder Judiciário fazem parte da maçonaria, entre eles o Juiz Sérgio Moro, maçom do 33º grau. há ainda vários, desembargadores, Procuradores, Promotores e togados do STF. Há delegados federais, empresários, políticos, juristas, comerciantes, advogados e centenas de funcionários do alto escalão do governo fazendo parte da maçonaria. Nas lojas maçônicas um dos principais lemas de seus membros é dar apoio aos demais membros, ou seja, um ajudar o outro. Perceberam?

Lembram quando Lula disse que não havia nenhum “pretinho pobre” na torcida brasileira e que somente havia gente da elite lotando o Maracanã durante a abertura da Copa do Mundo? Na verdade o que Lula disse teve endereço certo e não foi para o povo que estava no Maracanã e sim para a elite tucana. Não há negros no PSDB, aliás, Soros, FHC e a elite global odeiam negros, os consideram uma raça inferior, desprezam pobres e os ignorantes. Lembram do FHC chamando os aposentados de “vagabundos” e o povo brasileiro de “povinho caipira”?

Lula foi desprezado por Soros, por David Rockeffler, pela rainha Elizabeth, pelos Illumiatis e foi também ridicularizado no Clube de Bilderberg, o clube da elite da Nova Ordem Mundial. Apesar disso, Lula e o PT foram uma “mão na roda”, “como disse o próprio FHC”, na implantação do socialismo viral no Brasil. Lula só venceu as eleições em 2002 porque FHC foi fazer campanha para o sapo barbudo nos EUA e na Europa. Na ocasião FHC esteve com George Bush, Soros, com David Rockefeller e com os Ford para dizer que Lula não era uma ameaça a tal “democracia”, ou seria aos planos de socializar o Brasil?

Lula recebeu dinheiro de Soros, um cheque de US$ 1 milhão de dólares da Open Society quando venceu as eleições em 2002. Lula chegou até a fazer discursos na ONU louvando uma Nova Ordem Mundial . Mas isso foi até Lula ser desprezado no Clube de Bilderberg, no Clube de Roma e também pela elite global. Lula passou a nutrir um certo rancor, um ódio incontido, pois foi considerado “inferior”pelos globalistas e talvez por isso, tenha se aliado conjuntamente com o PT, ao movimento eurasiano.

George Soros indicou ministros da Fazenda e da Economia em todos os governos desde 1995. Soros também esteve presente nos bastidores políticos durante o processo de privatizações comungadas pelo PSDB para vender o Brasil para os globalistas. Soros comprou a Vale, a CSN, o sistema Telebras e outras 130 empresas estatais que foram privatizadas. A meta dos globalistas é controlar países, controlar empresas de energia, mineração, logística, sistemas bancários e de produção do petróleo. Assim podem provocar um “armagedon” financeiro para paralisar o mundo e provocar um colapso global.

Dilma e Lula associaram o PT ao movimento eurasiano, um movimento globalista que visa principalmente controlar a economia mundial e instituir uma “nova moeda”. O Brics faz parte deste plano dos eurasianos que envolvem além do Brasil, a Rússia, a China e a Índia. Dilma estaria negociando hidroelétricas, ferrovias, estradas, redes de abastecimento da Petrobras e portos brasileiros com chineses e esse foi realmente o fator principal de seu impeachment. Os globalistas ligados aos tucanos viram que os eurasiano iriam controlar o Brasil e isso seria um golpe mortal nos planos da Nova Ordem Mundial.

Dilma não sofreu impeachment em razão da corrupção e sim em razão desta guerra entre os globalistas bilionários e o movimento eurasiano. E quem esteve por trás do impeachment de Dilma, senão o PSDB de FHC que tratou logo de convocar seu amigo de longas datas terroristas, o jurista Miguel Reale Jr e a frenética Janaina Paschoal, uma socialista fabiana convicta, aluna de Reale Jr. Reale Jr nunca escondeu sua fama de comunista e foi contudo para cima do PT para desintegrar Dilma do poder. Durante o processo FHC esteve com o MBL, e com o Vem Pra Rua e financiou os movimentos de rua para induzir a sociedade a apoiar o impeachment de Dilma. O PSDB também controla as mídias Ninja e o AVAAZ. Todos são empregadinhos de Soros.

Fernando Henrique Cardoso esteve por trás do STF na cassação do mandato de deputado Jair Bolsonaro. FHC foi à primeira voz a se levantar contra Jair Bolsonaro quando este fez uma menção ao Coronel Brilhante Ustra no Congresso Nacional. FHC pediu sua cassação por defender um torturador que jamais foi condenado na justiça por tortura. FHC também foi o primeiro a se manifestar contra Bolsonaro no bate-boca de Bolsonaro com a maconheira Maria do Rosário. Semanas atrás uma pesquisa realizada pelos tucanos nas redes sociais e nas ruas, apontavam Bolsonaro liderando com folga, as pesquisas de intenção de voto para a presidência em 2018.

Na semana seguinte após o resultado da pesquisa, Bolsonaro voltou a ser bombardeado pelos tucanos que usaram a Veja e principalmente o “limpa bunda” e mamador, Reinaldo Azevedo, um capacho de FHC e dos tucanos, para humilhar, debochar e esculachar de forma gratuita, a figura de Jair Bolsonaro. Dois dias depois da sacanagem de Reinaldo Azevedo, FHC esteve com togados do Supremo e no dia seguinte, o STF que não prende Lula, que não prende Sarney, que não prende Renan, que não prende FHC e que não prende ninguém que seja socialista Fabiano ou maçom, reabriu o processo de Jair Bolsonaro para condena-lo e desta forma, torna-lo ilegível em 2018. E tudo isso de forma arbitrária, ilegal e inconstitucional pois não compete ao STF julgar ou cassar Bolsonaro e sim a Câmara dos Deputados. Mais uma vez o STF invade prerrogativas do legislativo de forma autoritária e inconstitucional e ninguém faz nada!…Ativismo judicial a revelia da Lei.

A esquerda socialista Fabiana do PSDB não permite que um conservador como Jair Bolsonaro se torne uma ameaça ao plano global. Bolsonaro nem maçom é…Bolsonaro é contra o aborto, contra a liberação de drogas, contra o ensino marxista nas escolas, contra o casamento gay, contra a desmilitarização, contra o Marco Civil na Internet, contra o desarmamento, contra as urnas eletrônicas, contra a imigração dos muçulmanos, contra a pedofilia, contra cotas raciais, contra o MST, contra bolsas assistenciais, contra a legalização da prostituição, contra sindicatos, ou seja. Bolsonaro é contra tudo o que o PSDB instituiu no Brasil e contra tudo que os tucanos comunistas defendem.

Lula e o PT roubaram o Brasil até o último centavo. Fizeram uma limpa no BNDES, beneficiaram países alinhados com o bolivarianismo, suspeita-se que mais de US$14,5 bilhões de dólares foram desviados do BNDES para obras fantasmas na Venezuela, República Dominicana, Cuba e países africanos. Outros bilhões de dólares foram desviados da Petrobras, da Previdência Social, dos impostos e de todos os projetos políticos que envolviam o PT. Lula foi citado mais de mil vezes como chefe da organização criminosa, Dilma foi citada 244 vezes na Lala Jato, mas por um simples passo de mágica, continuam soltos e elegíveis para 2018. Já Bolsonaro que não roubou um centavo, foi cassado..

Lula só não foi preso ainda porque o PSDB o protege, porque FHC o protege e porque o STF o protege. A maçonaria está por trás de tudo, e é através da maçonaria que tucanos se protegem e escapam ilesos da Lava Jato. A Lava Jato é comandada pelo seletivo juiz Sérgio Moro, outro maçom que protege discretamente o PSDB. Moro, o juiz ilibado, não deu nenhuma importância para o depoimento de Nestor Cerveró que afirmou diante de Sérgio Moro, que FHC havia comandado um golpe de US$ 100 milhões de dólares na Petrobras. Na ocasião, Moro descartou o depoimento de Cerveró e quis saber apenas do envolvimento de Lula na tentativa de obstruir a Lava Jato por intermédio de Delcídio do Amaral. Muito seletivo não acham? Dispensou um crime de 100 milhões de dólares por uma obstrução de justiça…Só rindo…

Jonh Kennedy antes de ser assassinado pelos maçons Illiminati disse que os EUA eram governados por organizações secretas. Jimmy Carter ouviu do próprio Vice, que dentro do governo de Carter havia um outro governo que controlava tudo. No Brasil é a maçonaria vermelha que controla tudo, é o governo paralelo, corrupto e cruel que designa os destinos do Brasil. A Lava Jato já foi longe demais, são 3 anos de investigações, muito blá, blá, blá e meia dúzia de bandidos na cadeia. Os grandes chefes das organizações criminosas continuam livres e comandando tudo de fora. Todos protegidos pela maçonaria vermelha.

Os EUA e o Brasil foram fundados pela maçonaria, no entanto, apesar dos dois países existirem a 500 anos, os Estados Unidos se constitui uma potência econômica, símbolo do capitalismo e onde tudo funciona. No Brasil, ao contrário da maçonaria americana, a maçonaria vermelha construiu uma república pobre, miserável e corrupta. O Brasil é um lixo como Pátria, como Nação e como República. Uma vergonha mundial em índices de ensino, educação, cultura, cidadania, renda, bem estar, higiene, saneamento e infra estrutura. O Brasil só lidera o que não presta, é o país mais corrupto do planeta, tem o segundo povo mais ignorante do mundo e lidera todos os índices de pobreza, falta de saneamento básico e higiene. Apesar de ser o terceiro país que mais arrecada impostos no mundo, inclusive superando países de primeiro mundo como os EUA, Canadá e Austrália, o Brasil nem de perto se aproxima de Angola, uma nação do terceiro mundo.

A Lava Jato serviu apenas para desfocar o povo dos reais motivos que estão por trás dos bastidores políticos. Sérgio Moro é o mesmo Juiz que prendeu um gerente, um office Boy e um doleiro na roubalheira de US$ 300 bilhões de dólares promovida pelo PSDB no BANESTADO. Sem contar que a esposa de Moro é filiada ao PSDB. Dê pão e circo para o povo e meta lhe a faca pelas costas. Já há uma intensa movimentação de FHC para derrubar Temer e ser indicado presidente interino até as eleições em 2018. O STF cassará o mandato de Temer em razão da chapa PT/PMDB, e uma vez que os presidentes da Câmara e do Senado, apoiados estrategicamente e propositalmente por Aécio, estão envolvidos na Lava Jato, quem assumiria seria a presidente do Supremo, Carmen Lúcia.

Carmen Lucia por sua vez poderia indicar eleições ou nomear um presidente interino. A opção será nomear Fernando Henrique Cardoso para que o comunista, que já lidera um movimento pela reforma política e uma Nova Constituinte, dê continuidade a desgraça brasileira, introduzindo o Brasil dentro de uma nova constituição socialista. Tudo foi minuciosamente planejado, desde as nomeações de Rodrigo Maia e Eunício Oliveira, até os acordos para tirar Bolsonaro das eleições em 2018.

Neste processo estão em jogo também bilhões de dólares que virão dos processos de privatizações das usinas hidroelétricas, das ferrovias, vias, aeroportos, bancos e portos brasileiros que George Soros e a turma do Clube de Bilderberg querem comprar para se tornarem donos do Brasil. Certamente que estes bilhões de dólares terão o mesmo fim que tiveram os bilhões de dólares das privatizações anteriores, ou seja, as contas secretas dos tucanos que naquela ocasião, saíram ricos e abastados do processo de privatização tucana. Que o digam Tasso Jereissati e Serra que abriram empresas e contas secretas em paraísos fiscais em nomes de laranjas.

Resumindo: Lula não será preso, não pelo maçom Sérgio Moro ou pela Lava Jato e nenhum tucano irá para a cadeia. O Brasil terá uma nova constituição socialista e uma extensa reforma política onde apenas a esquerda estará no controle total. O objetivo principal é evitar que haja qualquer ameaça de um partido conservador. Apenas o PSDB, o PT e o PMDB serão beneficiados como partidos políticos. Os três partidos absorverão automaticamente os demais partidos nanicos. Em 2018 o PSDB estará no controle das urnas e, portanto, nomeará seu novo “martelo de ferro” para bater firme, nas 200 milhões de cabeças de prego. O povo ignorante e covarde merece!

FONTES: http://veja.abril.com.br/brasil/fhc-defende-aecio-e-pede-distincao-entre-caixa-dois-e-corrupcao/

http://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/nova-lista-de-janot-abre-temporada-do-‘salve-se-quem-puder’-em-brasília/ar-AAnYPez?li=AAggV10

http://jornadapoliticanoticias.blogspot.com.br/2017/03/fernando-henrique-do-psdb-atua-para.html

https://www.youtube.com/watch?v=q39hyM8SJo0

CURTA NOSSA PÁGINA:https://www.facebook.com/Politicamente-Irado-1397388943838943/?rc=p

CURTA NOSSO GRUPO:https://www.facebook.com/groups/851548761546071/

Anúncios