galeria GOLPE NA LAVA JATO: MORRE TEORI ZAVASCKI

QUEM GANHA COM A MORTE DE TEORI

A ORCRIM saiu ganhando. A morte de Teori é um golpe na Lava Jato. (O Antagonista)

Filho de Teori relatou ameaças: ‘Se algo acontecer à minha família, sabem onde procurar’

31240831081_7d01213444_z-e1480610464115

Sem Teori, não teria havido Lava Jato, diz Sérgio Moro

O juiz Sérgio Moro lamentou a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki em acidente aéreo nesta quinta-feira (19). Segundo Moro, sem Teori “não teria havido a Operação Lava Jato“. Moro é responsável pelas ações da Lava Jato em primeira instância, na Justiça Federal, em Curitiba. O ministro era o relator dos processos da operação no STF.

Segundo Sérgio Moro, o ministro foi um grande magistrado e um herói brasileiro. “Espero que seu legado, de serenidade, seriedade e firmeza na aplicação da lei, independente dos interesses envolvidos, ainda que poderosos, não seja esquecido”, escreveu o juiz em nota. Ele aproveitou para prestar condolências à família do colega de magistrado e afirmou que está “perplexo” com o acidente.

Leia a íntegra da nota do juiz Sérgio Moro:

“Tive notícias do falecimento do Ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki em acidente aéreo. Estou perplexo. Minhas condolências à família. O ministro Teori Zavascki foi um grande magistrado e um herói brasileiro. Exemplo para todos os juízes, promotores e advogados deste país. Sem ele, não teria havido a Operação Lava Jato. Espero que seu legado, de serenidade, seriedade e firmeza na aplicação da lei, independente dos interesses envolvidos, ainda que poderosos, não seja esquecido.” 

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/sem-teori-nao-teria-havido-lava-jato-diz-sergio-moro/

__________________________________

Teori interrompe férias para analisar delação da Odebrecht

Ministro do STF determinou início das audiências com os depoentes na próxima semana

BRASÍLIA — Fora do Supremo Tribunal Federal (STF) desde o fim de dezembro, quando começou o recesso, o relator da Lava-Jato, ministro Teori Zavascki, voltou a frequentar o tribunal. O ministro interrompeu as férias para analisar a delação premiada dos 77 executivos da Odebrecht. Ele já determinou o início das audiências com os depoentes, que devem começar na próxima semana. Nessa fase, os delatores não precisam entrar no mérito das denúncias, precisam apenas informar se foram coagidos ou não a firmar o acordo de delação com o Ministério Público.

O presidente Michel Temer, durante entrevista no Palácio do Planalto
‘Não há a menor possibilidade’ da Lava-Jato desestabilizar o governo, diz Michel Temer.

Os depoimentos não devem ocorrer no STF, mas em outros estados. Os juízes auxiliares que trabalham com o ministro ficarão encarregados da tarefa. Se ficar constatado que os depoimentos foram feitos de forma legítima, o ministro homologará a delação premiada. Até semana passada, os 800 depoimentos que compõem o processo estavam reunidos em uma sala-cofre no terceiro andar do edifício-sede do tribunal, ao lado do gabinete da presidente, a ministra Cármen Lúcia.

Atualmente, parte do material está em posse de Teori. Quando o ministro estava de férias, a equipe dele, formada por juízes e servidores de confiança, já tinha começado a analisar o material. A ordem de Teori, cumprida à risca pela equipe, foi não conversar com ninguém sobre o assunto, para evitar vazamento do conteúdo das delações.

Os depoimentos da cúpula da Odebrecht são o ponto mais alto da Operação Lava-Jato. Foram citados o presidente Michel Temer; os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff; o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); além de vários ministros e parlamentares.

Quando o material chegou ao STF, a delação foi dividida em 77 petições, que tramitam de forma sigilosa. A especulação é de que seja uma petição para cada executivo da Odebrecht, já que o número coincide com o de depoentes. Se a delação for homologada, caberá à Procuradoria-Geral da República enviar para instâncias inferiores do Judiciário trechos que citam pessoas sem direito ao foro especial. Em relação às autoridades com foro, a PGR informará ao tribunal se há elementos suficientes para abrir inquérito para investigar os indícios.

As petições foram todas digitalizadas e, na terça-feira, foi registrado no andamento processual no STF um “despacho do relator”. O mais provável é que seja a decisão de determinar as oitivas dos delatores. Os documentos chegaram ao tribunal no dia 19 de dezembro, último dia de funcionamento da corte antes do recesso. Apenas no dia 9 de janeiro as petições foram consideradas oficialmente autuadas. Isso porque, antes desse dia, a secretaria responsável pelas autuações formais estava de recesso. No entanto, a equipe de Teori já estava dedicada à leitura dos documentos desde o início do recesso.

No dia em que recebeu os documentos, o ministro já demonstrava preocupação com o vazamento de algumas informações da delação.

— Pelo que vi, não foi propriamente um depoimento que foi vazado. Pelo que eu vi. Mas, de qualquer modo, é lamentável que estas coisas aconteçam. É lamentável — afirmou na ocasião, em uma rara declaração à imprensa sobre a Lava-Jato.

http://oglobo.globo.com/brasil/teori-interrompe-ferias-para-analisar-delacao-da-odebrecht-20793664#ixzz4WEqf9rDk

_________________________________________________

Eles nem tentam disfarçar mais. Cruzou o caminho deles, morreu. Vide Toninho do PT, Celso Daniel, Eduardo Campos, Gianni Agnelli e agora Teori, (por coincidência, no caso destes últimos, avião partindo do Campo de Marte).

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/ex-ministro-da-cultura-sugere-sergio-moro-para-vaga-de-teori-morte-estranhissima-20800028.html#ixzz4WFAgjAhj

Leia também: Temer pode cair em fevereiro…Teori Zavascki vai abrir tudo sobre delação da Odebrecht! — Verdade sem medo

15977178_1989830837912351_625506590561434944_n

CHEGA! VAMOS AS RUAS PEDIR POR INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL.

ENTRE AQUI>> https://celioevangelistaferreira.wordpress.com/2017/01/19/execucao-constituinte-pelas-armas/

Anúncios