galeria O ANTAGONISTA

OANTAGONISTA

 26 de Agosto de 2016

Resumo de uma farsa chamada Lula

Por Mario Sabino
Hoje, dia 26 de agosto de 2016, uma farsa começou a ser formalmente desmontada. A farsa chamada Luís Inácio Lula da Silva. Ele foi indiciado pela Polícia Federal por corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais, no âmbito da Lava Jato. Todos esses crimes estão conectados ao recebimento de vantagens indevidas pela OAS, uma das empreiteiras do petrolão, no caso do triplex do Guarujá. Lula também deverá ser indiciado em relação ao sítio de Atibaia.
Indiciamento não é condenação, mas as provas contra Lula são tão robustas que será muito difícil para ele escapar de uma sentença dura. Esperava-se o indiciamento para logo depois do impeachment de Dilma Rousseff. A situação se precipitou por causa do cancelamento da delação premiada de Léo Pinheiro, por Rodrigo Janot, episódio ainda mal explicado. O que se sabe até agora é que a PF não gostou de ter sido deixada de lado nas negociações da PGR com o ex-presidente da OAS.
Não importam as circunstâncias do indiciamento, o Brasil está se livrando de Lula. Com ele, atingimos o ápice da demagogia e da corrupção neste terra pródiga em demagogos e corruptos.
Lula surgiu no regime militar, quando se apresentou como líder sindicalista tolerável aos generais. Na redemocratização, a esquerda o transformou em ícone revolucionário e chefe de partido. No entanto, o discurso radical que lhe fora oportuno na construção do PT revelou-se um desastre eleitoral nas campanhas presidenciais — e Lula, então, engravatou o pescoço e as palavras, para conquistar banqueiros, empresários e parte da classe média. Chegou ao Planalto por meio do que parecia ser um consenso inédito entre interesses de trabalhadores e patrões.
No poder, Lula levou às últimas consequências o assistencialismo mais rasteiro e uma política econômica que, baseada apenas em crédito farto, graças à bonança mundial, resultaria no desastre completo sob Dilma Rousseff, a criatura que escolheu para sucedê-la e autora da maior fraude fiscal já cometida no país. Como resultado, os ganhos sociais relevantes proporcionados pelo Plano Real foram parar na fila do desemprego.
No poder, Lula instituiu, para além da imaginação, a prática de comprar apoio parlamentar  e financiar campanhas com dinheiro sujo. Tanto no mensalão como no petrolão, o seu partido e aliados desviaram bilhões de reais dos cofres públicos para realizar tais pagamentos.
No poder, Lula e boa parte dos seus companheiros enriqueceram por meio de contratos fraudulentos entre empreiteiras e estatais como a Petrobras, arrasada durante os anos dos governos do PT.
No poder, Lula tentou calar a imprensa independente, comprou o veneno de blogueiros e jornalistas decadentes, perseguiu profissionais que desvelavam os porões imundos do lulopetismo e cortou propaganda de veículos sérios, como a revista Veja. Com isso, minou um dos pilares da democracia que é a liberdade de imprensa.
É essa farsa que começou a ser formalmente desmontada pela PF num radioso 26 de agosto de 2016.

 

Grana Preta 26/08/2016 – Brasil, o país do vôlei e do agronegócio

 [Acesse o vídeo aqui]

 

ANÚNCIO
A cartilha do investimento pós-impeachment
No Brasil de hoje, quem tiver este livro saberá exatamente como multiplicar seu patrimônio por 5, 10 ou 20 vezes. Reserve já seu exemplar gratuito do método mais prático e eficiente para investir em ações.

 

O MELHOR DO DIA

Lula indiciado pela Lava Jato

Lula foi indiciado pela PF. Marisa Letícia também.
– Exclusivo: Lula foi beneficiário de vantagens ilícitas, diz PF
A lista dos indiciados

Exclusivo: os crimes de Lula

Em seu relatório de indiciamento, obtido por O Antagonista, o delegado Márcio Anselmo enquadrada Lula nos crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais… [veja o texto completo]

Lula ainda será indiciado pelo sítio de Atibaia

No relatório de indiciamento de Lula, obtido em primeira mão por O Antagonista, o delegado Márcio Anselmo ressalta que “as obras referentes ao sítio em Atibaia são objeto de apuração em outro inquérito policial” e que “as menções no presente relatório tem por objetivo apenas contextualização dos fatos”.
Emails reforçam propriedade do sítio

As fotos que desmentem Lula

Em seu depoimento durante a famosa condução coercitiva, Lula disse que não conhecia Paulo Gordilho, o engenheiro da OAS responsável pelas reformas no triplex do Guarujá e no sítio de Atibaia. As declarações de Lula, porém, foram desmentidas… [leia mais]

Perícia confirmou contrato do triplex

Ainda no relatório de indiciamento de Lula e Marisa, o delegado Márcio Anselmo anexou a perícia realizada na “Proposta de Adesão” da Bancoop que foi apreendida nas buscas à residência de Lula em março. Os peritos comprovaram que o número do imóvel identificado no documento foi rasurado para tentar… [veja mais]
PF ainda investiga Bittar

OAS obstruiu investigação

No relatório do indiciamento de Lula, o delegado Márcio Anselmo revela a tentativa da OAS de obstruir as investigações da Lava Jato. A empreiteira destruiu todos os registros das contas de email de Léo Pinheiro e César Milani… [leia mais]

Em vídeo, a bomba de Renan

Assista ao trecho do bate-boca no Senado em que Renan Calheiros disse, sobre Gleisi Hoffmann, que “conseguiu no Supremo Tribunal Federal desfazer o seu indiciamento e do seu esposo, que havia sido feito pela Polícia Federal.” [veja o vídeo]
Renan a Gleisi: “Era para você estar presa!”
Gleisi a Renan: “Canalha”
Nota de Renan

Gleisi admite: “Não tenho moral”

Gleisi Hoffmann chegou ao plenário dizendo não se arrepender de ter dito que “o Senado não tem moral para julgar Dilma Rousseff”. “Eu me incluo, eu não tenho moral para…” [leia mais]

STF retira Gleisi da pauta

A defesa de Gleisi Hoffmann foi informada de que o STF retirou da pauta o inquérito da Lava Jato sobre ela. A previsão era que o julgamento ocorresse na próxima terça-feira, durante o impeachment.

Impeachment: auditores defendem TCU e testemunha de acusação

“A Associação da Auditoria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (Aud-TCU) e a Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil (ANTC) vêm a público apresentar…” [veja mais]

 


Energia mais barata

A bandeira verde deve acompanhar a conta de luz daqui até o fim do ano, segundo o diretor-geral da ONS, Eduardo Barata. Isso significa que a energia deve contribuir a favor da queda da inflação nos próximos meses… [leia mais]
Biruta
Saco sem fundo

Afiando a tesoura

Anúncios