galeria Países aliados do PT ameaçam confronto com Brasil

apoio

 

O bloco de países aliados do Governo Federal ligados ao ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff declararam em reunião realizada na Venezuela que estarão de prontidão caso aconteça o afastamento da petista do poder.

Uruguai, Paraguai, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru, Chile, Guiana, Suriname e Venezuela consideram o impeachment um golpe à democracia e garantem que a ação será imediata caso Dilma seja afastada.

As Forças de Segurança Nacional não deram nenhuma nota sobre a declaração dos líderes internacionais.

 

DILMA DIZ QUE PODE ACIONAR MERCOSUL EM CASO DE RUPTURA EM DEMOCRACIA

Anúncios

Um comentário

Os comentários estão desativados.