UM GOVERNO EM RUÍNAS

12987142_1741495916094909_1963171294974441583_n

UM GOVERNO QUE COMEÇA FRAUDANDO AS ELEIÇÕES PARA SE MANTER NO PODER, NÃO TERIA OUTRO DESTINO. O INFERNO ASTRAL DO PT INCLUI AS DERROTAS POLÍTICAS, A REVELAÇÃO DE ROUBALHEIRAS, GOLPES E ESTELIONATOS QUE MARCARAM UM GOVERNO EM DESINTEGRAÇÃO.

Tudo que começa mal, termina de forma certa. Com punição!. O desastre do governo Dilma Rousseff inclui uma séria de crimes contra o país. Não são apenas as pedaladas, os estelionatos cometidos no orçamento da União, mas também a pilhagem do dinheiro dos impostos, dos bancos do governo, das estatais e das instituições públicas. A roubalheira no governo do PT atingiu 99% do Estado. Prefeituras, Governos Estaduais e o governo federal foram indevidamente dilapidados. Segundo o TCU, R$ 3,2 trilhões sumiram dos cofres públicos e foram parar no bolso de parlamentares e de partidos políticos.

Dilma Rousseff cometeu crime contra o patrimônio, além de falsidade ideológica e falsificação de documento público. Ao fraudar o balanço das contas oficiais, o governo do PT falsificou a realidade patrimonial do País, permitindo que a União emitisse títulos públicos sem lastro. – “O que ela fez compromete toda a sustentabilidade econômica.” Mas este é apenas um dos crimes cometidos pelo governo de Dilma Rousseff. Dilma fraudou as eleições, perdoou dívidas bilionárias com ditadores latinos e africanos, na ordem de R$ 900 milhões de dólares, financiou obras no exterior para países de ditaduras de esquerda sem autorização do Legislativo, obstruiu a justiça, sabia e deixou a roubalheira nas estatais rolar solta e mais: Sabia que o dinheiro de sua campanha vinha das propinas, das obras superfaturadas.

Dilma Rousseff também cometeu um crime de Lesa Pátria no caso da refinaria de Pasadena, dando um prejuízo da ordem de US$ 1 bilhão de dólares aos cofres públicos. Seu governo foi marcado de decretos golpistas, por subornos, chantagens e corrupção. A corrupção é tanta em seu governo, que Dilma não esconde mais seu feitio em corromper e tentar, desviando dinheiro das verbas escolares e da saúde, corromper mais da metade do congresso nacional para obter apoio contra o impeachment. Ideologicamente de esquerda, com espírito revolucionário, Dilma dança com os sindicatos e movimentos sociais e de forma criminosa, desvia dinheiro da nação para financiar movimentos, sindicatos e agremiações de esquerda.

Suas alianças revolucionária gritam que não haverá “golpe”, dizem que há um golpe disfarçado contra o governo. É tão disfarçado que só eles vêem. Como não há o que defenderem por parte deste governo, esperneiam como galinhas despenadas que estão sofrendo um golpe. Golpe deu o governo, seus aliados e seu bando de bandidos e de vagabundos que há anos mamam nas tetas do Estado. Não aceitam a derrota, não aceitam perder as mamatas, as verbas e a vida fácil de socialistas.

O inferno astral de Dilma inclui uma série de prisões de marqueteiros, de funcionários da Petrobras, de políticos e empresários que a denunciaram diversas vezes em suas delações. Dilma deu inúmeros golpes no país. Ela sim é a golpista, a corrupta e a gerente do crime organizado. Dilma perdeu suas bases, perdeu seus aliados políticos, foi derrotada ontem na aprovação do processo de impeachment e teve hoje a notícia da suspensão de seu pau mandado no ministério da justiça. O ministro Eugênio Aragão foi afastado hoje (12) por uma ordem judicial. Dilma está sem ministro da justiça pela segunda vez.

O ex-senador Gim Argello (PTB-DF), um dos políticos mais próximos de Dilma, foi preso hoje na 28ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Vitória de Pirro, por receber propina da OAS e da UTC para barrar a convocação de executivos de ambas as empreiteiras na CPI da Petrobras. Em 2009, durante a primeira campanha para presidente, Dilma participou da festa de Pentecostes organizada pela igreja usada por Gim para receber propina. Gim se tornou um político dedicado da base aliada do governo e Dilma quis nomeá-lo para ministro do TCU. Em 2014, Dilma também liberou milhões de reais para obras de pavimentação no Distrito Federal com o propósito de ajudar Gim em sua campanha de reeleição para senador, mas ele perdeu…
…a reeleição, eu digo. O dinheiro, eu não se sabe, sumiu…A prisão de Gim é mais uma derrota do governo.

Dilma também foi derrotada por Gilmar Mendes que impediu Lula de ser nomeado ministro. O STF só vai analisar a suspensão da posse de Lula na Casa Civil no dia 20 de abril. Se o impeachment for aprovado no domingo (17), então, é ainda mais provável que a Corte mande seus inquéritos de volta para o juiz Sergio Moro e Lula seja preso. Não haverá mais governo Dilma para Lula entrar. Só uma cadeia à sua espera.

Dilma e seus ministros serão afastados de seus cargos e perderão seus foros privilegiados em 180 dias. Segundo Moro, Dilma será presa, julgada e condenada por uma série de crimes que já foram denunciados e descobertos pela Lava Jato, além de outros que ainda estão para serem revelados. Onze de seus ministros citados na lava Jato também serão investigados e punidos com prisão.

Um governo que já começou traindo seu povo fraudando as eleições, terá o fim que merece por anos de incompetência, falta de projetos, falta de caráter, falta de vergonha na cara e falta de honestidade. O desastre Dilma está em ruínas e se desintegra em público.

CURTA NOSSA PÁGINA: https://www.facebook.com/Politicamente-Irado-1397388943838943/?ref=bookmarks

CURTA NOSSO GRUPO: https://www.facebook.com/groups/851548761546071/

Anúncios