galeria A ESQUERDA CRIMINOSA SOB INVESTIGAÇÃO

12800245_1723775331200301_5769003109211307502_nA ESQUERDA QUE FOI PERSEGUIDA NO REGIME MILITAR ESTÁ SOB INVESTIGAÇÃO POLICIAL E JUDICIAL. DOIS EX-PRESIDENTES DE ESQUERDA SÃO ALVOS DE CRIMES COMETIDOS CONTRA O PAÍS E UMA PRESIDENTE ESTÁ À BEIRA DO IMPEACHMENT.

Os militares sabiam o que estavam fazendo. O povo infelizmente foi enganado por lábias demagogas e discursos preparados para iludir e seduzir. Os alertas vieram de ex-presidentes militares, mas a grande maioria do povo não deu ouvidos. Hoje os personagens da perseguição militar estão sob investigação policial, todos envolvidos em crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, abuso de poder, formação de quadrilha, evasão de divisas, peculato, desvios de verbas, má gestão, improbidade administrativa, abuso econômico, fraudes, estelionatos, enriquecimento ilícito, tráfico de influências e até mesmo assassinatos mal elucidados.

O PT está no poder, portanto é o alvo principal das centenas de escândalos de corrupção que são revelados dia à dia pelas operações da Polícia Federal e pelas investigações devastadoras do Ministério Público Federal. Mas estes crimes contra o país e contra o povo brasileiro não foram inventados e nem cometidos apenas pelo PT.

Os crimes que foram e que ainda são cometidos contra o país, vêem há mais de 28 anos dilapidando a Nação. Desde o governo de José Sarney, passando pelos governos de Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso, Lula e agora Dilma Rousseff que a roubalheira é contínua e incessante. A Pátria vem há 30 anos sendo roubada, saqueada, escamoteada e espoliada por quadrilhas de parlamentares.

Todos os políticos que passaram pelo poder estão ricos, milionários e abastados, vivendo no luxo e na riqueza. Acordam na ostentação e dormem no glamour de uma sociedade elitizada. Todos na verdade, conquistaram este poder e esta fortuna glamourosa roubando o país. Que o diga Fernando Henrique Cardoso que assim como Lula, escondeu por anos que era proprietário de uma fazenda avaliada em mais de 500 milhões e de um apartamento em Paris, avaliado em mais de 50 milhões.

FHC também é proprietário de vários imóveis situados em bairros luxosos de São Paulo e Rio de Janeiro. Deu ainda de presente, um imóvel em Barcelona, avaliado em cerca de R$ 600 mil para um filho que diz não ser seu. Nada mal para um ex-presidente que recebeu menos de R$ 90 mil Reais em dois mandatos presidenciais. Em seu governo sujo e corrupto, mais de 45 escândalos foram deixados de lado e esquecidos pela sociedade banalizada pela idiotice e pela ignorância. 246 processos foram engavetados pela Procuradoria Geral da República de FHC. O STF e o STJ também foram manipulados pelo PSDB para dar a sustentação política à quadrilha liderada por FHC. Era uma Máfia criminosa que dilapidou bilhões de dólares do país.

O caso de FHC lembra o caso do triplex e do sítio de Atibaia de Lula, que também declara que ambos não lhe pertencem. FHC também usou laranjas para seus negócios escusos. Serjão, como era conhecido o ministro Sérgio Motta, era quem aparecia como dono da fazenda de FHC. Motta que vinha sendo investigado pelo Ministério Público Federal no caso da compra de votos para a reeleição do chefe, estava sob pressão de promotores e a ponto de entregar toda a quadrilha de FHC.

Serjão morreu dias depois e de forma estranha, contaminado por uma bactéria oriunda do aparelho de ar condicionado de seu gabinete. Na verdade Serjão foi assassinado, assim como também foi assassinado o deputado Luis Eduardo Magalhães, um ferrenho inimigo de FHC e da trupe comunista do PSDB. Segundo relatório de um legista, que também teve morte estranha (queima de arquivo), uma espécie de veneno usado pela KGB foi encontrado no sangue de Magalhães. Magalhães também foi assassinado pelos mesmos comunistas que mataram Serjão. As investigações à cerca das duas mortes, foram meticulosamente enterradas por políticos do PSDB, que naquela ocasião eram donos do STJ e do STF.

Toninho do PT, Celso Daniel, Sérgio Motta, Luis Eduardo Magalhães e os demais assassinados pelo Estado criminoso, são na realidade, vítimas da esquerda, vítimas da corrupção, vítimas da ganância pelo poder, da fúria dos canalhas em roubar e tomar para si, o que é do povo. Lula e FHC são os dois maiores bandidos deste país. PT e PSDB são as duas maiores quadrilhas de criminosos que este país já conheceu. Milhões de brasileiros são, e foram vítimas de FHC, Lula, PSDB e PT.

FHC que covardemente fugiu do país para não ser preso pelos militares por traição e subversão, é o principal personagem da implantação do socialismo no Brasil. FHC e Lula formaram pactos pela expansão do comunismo em todo o continente. FHC foi escolhido pelo Diálogo Interamericano para fomentar e fundamentar um projeto de socialização em toda a América Latina. Para isto, FHC fez pactos com Fidel e depois como Lula. O Foro de SP foi o principal instrumento do Diálogo para unir movimentos de esquerda que andavam dispersos e em lutas desiguais contra o conservadorismo latino. A UNASUL também foi criada de uma reunião de FHC com líderes latinos. Hoje a UNASUL é uma ameaça comunista para todos os países democráticos sul americanos.

Em 1995 FHC foi eleito pelo povo e à partir daí o socialismo foi fundamentado como regime político no Brasil. Cargas tributárias imensas foram criadas por FHC para bancar uma tal de “distribuição de renda” que nunca existiu de fato, e que jamais foi direcionada para os que realmente precisavam. A imensa carga tributária serviu na verdade para bancar a máquina administrativa que foi engordada nos governos do PSDB e do PT. Serviu ainda para bancar o luxo das mordomias, pagar indenizações milionárias para comunistas perseguidos, bancar pensões para ex-terroristas, aparelhar o Estado e manter um projeto de poder. Os pobres ficaram com menos de 2% do que era arrecadado. Uma farsa que continuamos bancado de forma irracional.

Lula que divide o poder com Fidel Castro no Foro de SP, liderou e ainda lidera um dos maiores esquemas de corrupção no Brasil. A estrutura criminosa nascida no governo de FHC com o “Clube do Bilhão”, reune as maiores empreiteiras do país que foram usadas para desviar dinheiro público de estatais e obras do governo. Tudo era feito via BNDES. Tanto Lula quanto FHC fizeram lobby no exterior para se beneficiarem dos lucros das empreiteiras. FHC financiou obras em Cuba e Venezuela com dinheiro do BNDES e Lula fez o mesmo com obras em países africanos e latinos. Foi a Andrade Gutierrez. OAS, Camargo Correa e a Odebrecht as principais empresas que lucraram com as manobras de FHC e posteriormente de Lula.

Também foi a Andrade Gutierrez, Camargo Correa e a Odebrecht que deram dinheiro para FHC bancar seu instituto particular. Durante uma festinha, ainda como Presidente da República, FHC recebeu R$ 10 milhões dos amigos empreiteiros. A festa regada de vinhos e champagnes importados, foi toda paga com dinheiro público. Uma farra no estilo socialista. Além de receber dinheiro de bancos, empreiteiras e de outras empresas, o Instituto FHC recebeu, em 2006, R$ 500 mil da Sabesp, uma empresa pública controlada pelo governo do PSDB de São Paulo. Hoje o montante repassado pela SABESP ao instituto de FHC chaga à R$ 8,5 milhões.

A fundação de FHC também utiliza a Lei Rouanet para captar doações a seus projetos, com abatimento no imposto de renda, e conseguiu aprovar um limite de R$ 10 milhões em 2006. Ou seja: o Tesouro brasileiro também banca o Instituto FHC. Atualmente, o principal “parceiro” do instituto de FHC é a Fundação Brava – criada pelo empresário Beto Sicupira, com sede em Delaware, um paraíso fiscal nos EUA. Outro patrocinador frequente das palestras de FHC é o Banco Itaú. A Telefónica de Espanha, que abocanhou o filé da privatização do sistema Telebrás, patrocina o Museu das Telecomunicações do Instituto. Tudo comparsas que FHC beneficiou.

Para comunistas como FHC e Lula, o Brasil é deles e portanto, eles podem tudo. Usam o estado como se fossem coisas suas e não do povo. A dupla roubou até objetos, móveis e obras de arte do Palácio da Alvorada e nada foi feito na época. O caso agora está nas mãos da Polícia Federal que investiga o caso. FHC usou seis caminhões tirando objetos do Palácio e Lula onze caminhões. Ambas mudanças foram pagas com dinheiro público. Todos os móveis e objetos estão nos acervos dos institutos de araque de FHC e Lula. Tudo roubado da Nação.

Lula fez lobby, saqueou os cofres do BNDES para se beneficiar do dinheiro público. Ficou milionário assinando medidas provisórias e doando dinheiro para países socialista e ONGS de fachada. Usou de sua influência e de seu poder para beneficiar seus filhos, parentes e amigos. Inventou palestras e outras falcatruas para receber dinheiro de empreiteiras. Todo o clã de Lula está rico, graças ao “grande líder ladrão”.

Os esquemas que dilapidaram mais de R$ 15 trilhões do país em 21 anos de socialismo, são antigos e serviram para bancar as campanhas do PSDB e do PT. Serviram ainda para sustentar os partidos políticos e sobretudo para enriquecer parlamentares, juízes, promotores e dirigentes de partidos que comiam e que ainda comem na mão da esquerda. FHC e Lula estão milionários e possuem contas em paraísos fiscais e bancos estrangeiros. Tal fato foi até mesmo confirmado pelo próprio FHC depois de ser flagrado usando um esquema de evasão de divisas. Se ambos fossem honestos e patriotas não teriam contas no exterior e muito menos manteriam contas e bens que não foram declarados à RECEITA FEDERAL.

FHC, “o grande estadista da esquerda”, criou uma pensão para ex-perseguidos políticos durante seu primeiro mandato e beneficiou a si próprio com uma pensãozinha de R$ 13 mil Reais por mês, o mesmo que recebe Lula, que também se beneficiou da Lei. Dilma, Serra, Aloysio Nunes, Fernando Pimentel, José Dirceu, Genoíno e outros comunistas também recebem esta pensão do Estado. Uma farra com dinheiro público. FHC foi preso e encapuzado. Mal chegou a ser interrogado pois seu pai que era militar, intercedeu à seu favor. FHC fugiu do país como um covarde e somente por isso se acha no direito de receber uma pensão de R$ 13 mil Reais. Isso é o que se chama de roubo institucionalizado.

FHC que chamou aposentados que ganham parco salário mínimo de “vagabundos”, ganha mais de R$ 50 mil de “várias” aposentadorias que recebe. Lula recebe aproximadamente o mesmo valor que recebe FHC. Ambos deitam e rolam com os benefícios que criaram em beneficiou próprio. A bandalha de pensões, lhes permitem viver confortavelmente no luxo e na esbórnia. E Tudo às custas do contribuinte e dos otários que ainda defendem esta corja.

Mas não foi só as pensões que agradaram a esquerda hoje no poder. FHC e Lula distribuíram centenas de indenizações milionárias para ex-comunistas “perseguidos” no Regime Militar. Famílias, parentes e os próprios bandidos perseguidos pelos milicos, receberam fortunas milionárias do Estado. Uma farra que encheu o bolso da bandidagem que se fazia, e que ainda se fazem de vítimas do Regime Militar. Tudo ladrão e assassino.

Hoje o povo está vendo e sentindo na própria carne, o que esta escória que dizia lutar por democracia, é na realidade. São todos bandidos e ladrões. As vítimas somos nós e os próprios militares que foram mortos por estes canalhas carniceiros. Eles nunca foram vítimas de nada. Usaram a tal luta armada para traficar drogas e armas, para assaltar e sequestrar empresários, expropriar cargas, assaltar bancos e matarem pessoas. Nunca lutaram por nada, à não ser para se beneficiarem do crime e da vida fácil. O comunismo sempre foi a desculpa para esta escória tomar o poder e fazer o mesmo que fazem hoje. Roubar e roubar…

O PSDB e o PT e os demais partidos de esquerda tiveram suas origens no Crime Organizado ou nas facções terroristas que tentaram incendiar o país nos anos 60. Var-Palmares, COLINA, MR-8, ALN, AP e POLOP se transformaram no PSDB, no PT, no PMDB, PSB, PSOL, PSTU e PC do B. Todos continuam sendo quadrilhas, pois é lá que estão reunidos todos aqueles que foram merecidamente perseguidos e presos no Regime Militar. Esta é a tal esquerda revolucionária, a esquerda bandida e assassina que hoje se apoderou do poder. Os militares tinha razão.

Lula e FHC estão sendo investigados pela Polícia Federal, Lula por Lobby, corrupção, venda de medidas provisórias, estelionato, peculato e obstrução a justiça. FHC usou uma empresa para enviar dinheiro para o exterior e se livrar da Receita Federal. FHC e sua trupe de bandidos também estão sendo investigados na Lava Jato. Dilma, outra ex-terrorista e bandida, está sob investigação de obstrução judicial e policial, por lavagem de dinheiro, abuso de poder e outro crimes que ainda estão por vir. São todos bandidos, todos da esquerda, todos corruptos e envolvidos em crime de lesa pátria.

Está na hora do povo acordar e enxergar a realidade. Se reclamam da falta de hospitais, saúde, dinheiro, educação, saneamento, salários, empregos e segurança, devam toda esta carência ao Estado bandido. Dinheiro é o que na falta neste país, um dos três maiores em carga tributária do planeta. Não falta dinheiro, mas sobra bandido, ladrão e safados. Não foi à toa que os militares perseguiram esta escória da esquerda. Os GENERAIS de 64 tinham razão…. São todos bandidos!
FORA ESQUERDA!

CURTA NOSSA PÁGINA: https://www.facebook.com/Politicamente-Irado-1397388943838943/

CURTA NOSSO GRUPO: https://www.facebook.com/groups/851548761546071/?ref=bookmarks

Anúncios